O núcleo da Terceira Idade de Ponta Negra iniciou, nesta segunda-feira (03/02), mais uma atividade, a de Dança Cigana. A novidade foi bem recebida pelas usuárias do núcleo.

A professora Cecília Bastos agradeceu a acolhida, fez uma curta preleção sobre a dança e a cultura ciganas, realizou um rápido aquecimento com o grupo, e ensinou os primeiros passos e evoluções da dança. “A dança em geral, principalmente a cigana, tem que ser praticada com a alma”, adiantou.

Regina Célia da Silva, 62 anos, moradora de Ponta Negra, pratica ginástica e hidroginástica. Achou muito importante uma atividade de dança no núcleo. “A dança cigana, com sua música e saias coloridas, me agradou de imediato. Vou me dedicar a aprender os passos”, disse.

Solange Vér Gonçalves, 75 anos, também moradora de Ponta Negra, faz hidroginástica e yoga. “Tive duas grandes alegrias ultimamente. Uma, a chegada da linha de ônibus Maricá-São Paulo, que me permitirá visitar meus filhos; a segunda, a vinda da dança cigana para cá. Sou descendente de húngaros, e conheço a beleza da cultura cigana. Adorei”, enfatizou.

A professora Cecília disse que as alunas demonstraram habilidade para a dança. “Embora seja a primeira vez para muitas delas, percebi bastante animação e sensibilidade. Vamos tentar manter esse entusiasmo. Nossas aulas serão às segundas-feiras, das 9h30 às 10h30”, frisou.

A coordenadora do núcleo, Thayani de Araújo, 27 anos, contou que o Núcleo de Ponta Negra iniciou suas atividades em agosto de 2017, no Esporte Clube de Ponta Negra, com 25 inscritos. “A chegada do núcleo, trouxe mais movimento e alegria para o bairro. Hoje, contamos com 110 inscritos, e oferecemos as seguintes atividades: alongamento, hidroginástica e, a mais recente, a dança cigana”, concluiu.

Fonte: PMM
Foto: Fernando Uchôa

© 2020, Redação Maricá. Todos os Direitos Reservados.

error: O conteúdo está protegido !!
× Como podemos te ajudar?