A cada dia, os números de mortes e contaminações com o novo coronavírus crescem e aumentam a apreensão das pessoas em diversos países do mundo. Tal situação tem gerado o surgimento de tentativas inusitadas e estranhas de se proteger contra o vírus e evitar uma contaminação.

Nas redes sociais, tem sido comum encontrar fotos e vídeos de máscaras improvisadas contra a ameaça do coronavírus . Sacos plásticos, sacolas e garrafas d’água são só alguns dos objetos que as pessoas têm colocado no rosto para se proteger, o que acaba transformando o dia a dia de diversas cidades em um verdadeiro desfile bizarro.

Na manhã desta quinta feira (16), foi registrado, no Centro de Maricá, uma pessoa que circulava pelas ruas com uma bolsa plástica na cabeça, buscando de alguma forma se proteger do vírus.

Entretanto, a tentativa de defesa pode acabar se mostrando mais perigosa do que o próprio vírus. Em entrevista ao jornal Daily Mail, um especialista afirmou que as máscaras não trazem qualquer tipo de proteção e ainda dificultam a respiração de quem as usa.

“Não acho que essa atitude traga qualquer benefício. O vírus é menor do que as partículas de poluição e simplesmente será aspirado, mesmo com essas tentativas de defesa que só atrapalham a respiração. Inclusive, se não houver uma boa higienização e essas máscaras ficarem úmidas devido a respiração, a proliferação do vírus será ainda maior”, apontou Brendan Wren, professor da Escola de Londres de Higiene e Medicina Tropical.

© 2020, Redação Maricá. Todos os Direitos Reservados.

error: O conteúdo está protegido !!
× Como podemos te ajudar?