O monumento Padre José Anchieta, que fica localizado na orla de Araçatiba, foi vandalizado na madrugada deste sábado, 7.

O caso aconteceu por volta das 2h. A imagem foi completamente danificada, e ao que parece, uma lixeira, que também foi vandalizada, pode ter sido utilizada pra acertar a cabeça da estátua.

De acordo com moradores, um grupo de jovens estaria bebendo na pracinha. Eles ainda estariam puxando folhas do coqueiro e causando desordem.

Ao amanhecer, uma equipe da Prefeitura encontrou o monumento depredado e acionou os órgãos competentes. O Padre foi removido do local, e a equipe vai avaliar se outra estátua será instalada no lugar ou não.

O crime será registrado na 82° DP (Delegacia de Maricá) e as câmeras de vigilância da Prefeitura estão sendo analisadas para tentar identificar os vândalos.

Quem souber mais informações sobre o caso, pode entrar em contato com a Delegacia e fazer a denúncia, através do telefone: 373199658.

A história de José de Anchieta

A estátua de Padre José de Anchieta havia sido revitalizada em junho de 2018, e representa um elemento histórico de Maricá e do Brasil, além de ter importância religiosa. O jesuíta espanhol José de Anchieta passou pela região de Maricá no fim do século XVI, foi beatificado em 1980 e canonizado em abril de 2014 pelo Papa Francisco.

De acordo com especialistas, apesar de não ser tão popular, José de Anchieta é considerado pai do teatro e da literatura brasileira e das ciências naturais. Ele veio para Maricá ainda jovem, com uma tuberculose óssea e se dedicou por mais de 40 anos ao trabalho com os indígenas da região.

Um dos três milagres avaliados pelo Vaticano para considerar o Padre como santo, foi uma pesca milagrosa realizada na Lagoa de Araçatiba.

© 2020, Redação Maricá. Todos os Direitos Reservados.

error: O conteúdo está protegido !!
× Como podemos te ajudar?