Fotos: Marcos Fabrício
Fonte: PMM

Mesmo durante a pandemia do novo coronavírus, uma ex-aluna da rede municipal de ensino de Maricá e do Pré-Enem Popular Iara Iavelberg mostra que o investimento municipal na Educação abre caminhos sem limites. Ela, que sempre teve ótimo desempenho na vida escolar, agora continuará os estudos com uma bolsa em Portugal a partir de outubro. Desirée da Silva Policarpo tem 24 anos, mora no Flamengo e teve toda a sua vida escolar na educação pública, tendo cursado o ensino fundamental no C.E.M. Joana Benedicta Rangel, no Centro. Após concluir o ensino médio, ela se inscreveu no curso preparatório oferecido pela Prefeitura e conquistou, através da nota obtida no Enem, uma bolsa de estudos de 50% na Escola Superior do Porto, onde vai cursar Arquitetura com o mestrado integrado à graduação.

A matrícula da estudante está na fase da entrega de documentos e ela terá também de defender uma tese, cujo tema já foi escolhido: “Arquitetura Sustentável e Minimalista”. Desirée afirma que, principalmente, a atenção recebida dos professores e da coordenação do Pré-Enem foi essencial para que ela estivesse bem preparada.

“Todos me ajudaram muito no que eu tive dificuldade, principalmente em Matemática, e consegui me superar. Eles estavam o tempo todo do nosso lado para esclarecer o que quer que fosse, até na hora de me candidatar para este curso em Portugal. Por causa da pandemia, tive de estudar remotamente e mesmo assim toda a equipe estava o tempo todo à disposição, realmente se importavam com a gente”, exaltou Desirée, que chegou ao curso na Europa através do Salão do Estudante, indicado pelos professores.

A secretária de Educação de Maricá, Adriana Costa, chama a atenção para outro aspecto: o resgate de alunos como Desirée, que iniciaram seus estudos na rede pública de Maricá. “Muita gente que hoje está no Pré-Enem Popular e que cresceu na cidade passou pela nossa rede desde a educação infantil até os anos finais, uma sequência só interrompida pelo ensino médio, que é de responsabilidade do governo estadual. Boa parte desse grupo retornou através do preparatório para que nós déssemos o toque final em sua preparação para a universidade, e com voos bem altos como o dessa aluna, que nos deixa muito orgulhosos do nosso trabalho”, afirmou Adriana.

A família ficou dividida entre o orgulho e a expectativa pela viagem da caçula, que tem outros dois irmãos. De acordo com a mãe, a artesã Cátia Cristina Policarpo, a conquista da vaga em Portugal foi um esforço inteiramente da filha. “Ela é uma excelente filha e eu sempre disse que ela deveria criar suas próprias asas, desde que ela seja uma pessoa boa, do bem”, garante a mãe, que tem 53 anos.

Para o coordenador do Pré-Enem Popular Iara Iavemberg, William Campos, o sucesso de Desirée Policarpo vai ajudar muita gente a saber que pode estudar no exterior através da nota do exame nacional. Ele lembrou, porém, que ela não foi a primeira aluna oriunda do preparatório a obter uma vaga naquele país.

“Em 2018 tivemos a Stefany Araújo, que conseguiu também uma bolsa de 50% no curso de Gestão Marinha e Costeira, na prestigiada e tradicional Universidade de Algarves. Desirée é mais um exemplo que vai mostrar que isso é possível a todos. Eu comparo esse feito como equivalente a obter o primeiro lugar em uma universidade pública aqui no Brasil. Para nós, é uma imensa felicidade”, comemorou William ao ressaltar que, mesmo durante a pandemia, o Pré-Enem aprovou mais de 40 estudantes para essas instituições.

© 2020, Redação Maricá. Todos os Direitos Reservados.

error: O conteúdo está protegido !!