Ex-prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (DEM) foi alvo de um mandado de busca e apreensão na manhã desta terça-feira (8), em sua casa, em São Conrado, na Zona Sul.

A Justiça aceitou denúncia do Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) e tornou Paes — e outras quatro pessoas — réus pelos crimes de corrupção, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro.

O mandado foi expedido pelo juiz Flávio Itabaiana Nicolau. Paes foi denunciado pelo Grupo de Atuação Especializada no Combate à Corrupção (Gaecc), junto à 204ª Zona Eleitoral.

Agentes do MPRJ estiveram na casa de Paes e, por volta das 7h30, saíram com documentos.

Candidatura lançada

Na semana passada, o partido Democratas oficializou a candidatura de Paes à Prefeitura do Rio. “É com muita alegria que recebi a indicação do Democratas a oficialização da minha candidatura à Prefeitura do Rio. Agradeço a confiança do partido e de suas lideranças”, afirmou Eduardo Paes.

© 2020, Redação Maricá. Todos os Direitos Reservados.

error: O conteúdo está protegido !!
× Como podemos te ajudar?