Durante o velório de uma vítima do coronavírus, uma família resolveu abrir o caixão e acabou contaminando cinco pessoas que estavam no local. O caso que aconteceu na cidade do Cairu, na Bahia, lugar que ainda não tinha nenhum caso registrado do vírus.

De acordo com informações do jornal Folha de São Paulo, a vítima morreu na última quinta (7), e o caixão seguiu para o velório lacrado. Quando os familiares chegaram na capela, eles não seguiram as orientações da prefeitura e abriram o caixão, contaminando cinco pessoas das 12 que estavam na cerimônia.

Ainda de acordo com o jornal, a prefeitura de Cairu decidiu fazer o teste em todos que estavam no local, mas encontrou resistência por parte da família. Para eles, a vítima não estava com coronavírus e tudo não havia passado de um engano.

Em nota, a prefeitura disse: “Enfermeiros, técnicos de saúde, psicólogos e assistentes sociais da rede municipal de saúde estão oferecendo todo apoio à família e amigos da vítima. A Secretaria de Saúde lamenta o falecimento e deseja conforto aos familiares nesse momento difícil”.

© 2020, Redação Maricá. Todos os Direitos Reservados.

error: O conteúdo está protegido !!
× Como podemos te ajudar?