Através de publicação em rede social, o Flamengo anunciou a demissão do técnico catalão Domènec Torrent na tarde desta segunda-feira, 9.

A decisão da diretoria veio após a segunda goleada consecutiva sofrida pelo time rubro-negro – 4 a 1 para o São Paulo e 4 a 0 para o Atlético Mineiro – quando nas duas oportunidades, o time tinha a possibilidade de se tornar líder do Campeonato Brasileiro.

Maurício de Souza comandará interinamente a equipe até a chegada de um novo treinador.

O começo de Dome no Flamengo foi repleto de altos e baixos e recheado de dúvidas. O rodízio implementado no time titular sempre foi alvo de discussão. A derrota por 5 a 0 para o Independiente Del Valle, na Libertadores, já havia deixado o treinador na corda bamba. Porém, logo depois o time carioca conseguiu engatar uma sequência invicta e aliviar o clima.

Dome foi anunciado pelo Flamengo em julho, com a difícil missão de substituir o ídolo Jorge Jesus, que havia conquistado a Libertadores, o Brasileiro, a Supercopa, Recopa e Campeonato Carioca à frente do Flamengo. Durante sua passagem, foram 26 jogos, sendo 15 vitórias, 5 empates e 6 derrotas, tendo 63,8% de aproveitamento.

Mesmo diante de bons resultados, Domènec nunca chegou a ser unanimidade entre a torcida e até mesmo alguns integrantes da diretoria.

O ex-auxiliar de Guardiola deixa o Flamengo com a segunda pior defesa do campeonato.

O Flamengo é o atual terceiro colocado no Brasileirão, com 35 pontos, está nas quartas de final da Copa do Brasil e nas oitavas de final da Libertadores.

Os principais nomes especulados pela torcida nas redes sociais foram do ex-goleiro do São Paulo, Rogério Ceni, e do Eduardo Coudet, técnico do Internacional que ofereceu o cargo no último domingo.

© 2020, Redação Maricá. Todos os Direitos Reservados.

error: O conteúdo está protegido !!
× Como podemos te ajudar?