O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, decidiu prorrogar as medidas de isolamento social no estado até o dia 31 de maio. O prazo terminaria no dia 11, mas Witzel vai publicar um novo decreto na própria segunda-feira aumentando a validade do isolamento. A informação foi confirmada, na noite desta sexta-feira (8), pela assessoria do Palácio Guanabara.


Os detalhes do novo decreto ainda não foram divulgados, mas poderá haver um endurecimento das regras. Duas entidades de pesquisa importantes, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) , divulgaram estudos pedindo a decretação de isolamento total, também conhecido como lockdown, no estado.


Witzel tem evitado se comprometer com a adoção desse sistema mais restrito, que proíbe a circulação de pessoas e veículos particulares, exceto para quem é ligado às áreas de segurança e saúde ou outros setores fundamentais. Nas cidades de São Luís do Maranhão e Fortaleza já foram adotados lockdowns, assim como em duas cidades da região metropolitana do Rio, Niterói e São Gonçalo, estas últimas a partir da próxima segunda-feira.


O estado do Rio é o segundo do país em número de casos confirmados e de mortes de covid-19, tendo registrado 15.741 casos e 1.503 óbitos nesta sexta-feira, sendo 1.585 casos e 109 mortes nas últimas 24 horas.

© 2020, Redação Maricá. Todos os Direitos Reservados.

error: O conteúdo está protegido !!
× Como podemos te ajudar?