Nesta sexta-feira, um cientista da OMS confirmou que o Covid-19 teve orige em morcegos e que pode haver transmissão para gatos. Entretanto, ainda não está claro qual foi o animal transmissor para os seres humanos. Além disso, a entidade também apontou que um mercado da cidade chinesa de Wuhan teve papel importante na pandemia e foi possivelmente um “ambiente amplificador”.

Segundo a agência Reuters, Peter Ben Embarek, especialista em segurança alimentar, afirmou que o novo coronavírus (Sars-Cov-2) vêm de grupo de vírus que se originam ou se espalham entre mamíferos e que provavelmente chegou aos humanos através do contato com animais criados para fornecer alimentos, embora ainda não seja possível precisar como isso ocorreu.

“O mercado desempenhou um papel, está claro. Mas qual papel não sabemos, se foi a fonte ou um ambiente amplificador ou só uma coincidência que alguns casos tenham sido detectados dentro e nos arredores daquele mercado”, disse Embarek, que ressaltou que ainda não está claro como o local foi contaminado.

Ainda de acordo com a agência, o cientista afirmou que estudos mostraram que gatos e furões são mais suscetíveis ao vírus, mas não confirmou se eles podem ser transmissores para humanos.

“O que é importante, e que seria de grande ajuda, é capturar o vírus antes de ele se adaptar aos humanos, antes da versão que temos agora. Porque então entenderíamos melhor como ele se adaptou aos humanos, como evoluiu. Em termos de investigações, a China muito provavelmente tem toda especialização necessária para fazer estas investigações”, finalizou.

© 2020, Redação Maricá. Todos os Direitos Reservados.

error: O conteúdo está protegido !!
× Como podemos te ajudar?