A Operação Lei Seca intensificou as ações de educação e fiscalização em todo o Estado do Rio de Janeiro,  desde esta quinta-feira (31/12) até a madrugada de domingo (03/01). Ao todo estão previstas 39 ações diurnas e noturnas.

Desde a retomada das blitzes de fiscalização, em outubro, o percentual de motoristas flagrados com sinais de alcoolemia aumentou 150%. Antes da suspensão da fiscalização por conta da pandemia da Covid-19, em março, a média era de 4,6% e, atualmente, é de 11,5%.

O superintendente da Operação Lei Seca, tenente-coronel Marcelo Rocha, afirma que, por causa do aumento dos índices de alcoolemia, as operações de fiscalização seriam intensificadas, principalmente no Réveillon.

– A equipe irá fazer 39 operações de fiscalização e educação, principalmente nas saídas de praias, locais de diversão e nas rodovias em conjunto com o Batalhão de Polícia Rodoviária. Serão 250 agentes trabalhando com o horário intensificado para levar mais segurança para a população.

Operação Verão

Desde o início da Operação Verão, em 21 de dezembro, 904 motoristas foram abordados em 45 ações em diferentes regiões do Estado do Rio de Janeiro. Durante a fiscalização foram flagrados 104 condutores com sinais de alcoolemia. A Operação Verão se estende até o fim da estação e tem como objetivo realizar blitzes diurnas de fiscalização e conscientização nas principais áreas de lazer e praias.

Fonte: rj.gov

© 2020, Redação Maricá. Todos os Direitos Reservados.

error: O conteúdo está protegido !!