O ventilador pulmonar de baixo custo desenvolvido pela Poli-Usp passou em testes humanos.

Em comunicado oficial, a equipe do projeto INSPIRE informou o resultado na página da Universidade.

Os pesquisadores  de engenharia multidisciplinar desenvolveram um modelo livre de patente, de rápida produção, e com insumos de fácil acesso no Brasil que pode ser utilizado em grande escala por doentes da covid-19.

Testes

De acordo com o projeto, nos dias 17, 18 e 19 foram realizados estudos com pacientes, de acordo com as normas do CONEP – Comissão Nacional de Ética em Pesquisa.

Os testes foram realizados com quatro pacientes, no INCOR – Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da FMUSP.

O Ventilador Emergencial INSPIRE foi considerado aprovado neste estudo, inclusive no modo assistido controlado por pressão. Não houve nenhuma intercorrência com os pacientes ventilados com o INSPIRE.

O estudo já havia sido realizado em animais e aprovado entre os dias 13 e 14 de abril.

Ele foi coordenado pela Professora Titular Denise Tabacchi Fantoni com o auxílio da Professora Dra. Aline Ambrósio, ambas do Departamento de Cirurgia da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da USP.

Após a aprovação, o próximo passo será enviar os documentos dos testes para os órgãos competentes e aprovação da ANVISA.

© 2020, Redação Maricá. Todos os Direitos Reservados.

error: O conteúdo está protegido !!
× Como podemos te ajudar?