O Parque Nacional da Tijuca atualizou as suas regras de visitação durante pandemia. As medidas, que valem a partir desta quinta-feira (8), permitem o banho de cachoeira e a visitação a alguns mirantes, como Vista Chinesa e Mesa do Imperador.As exceções são os mirantes Dona Marta e da Cascatinha, que permanecem fechados.

O topo das trilhas estará liberado para contemplação. Porém, durante o descanso, o visitante deve estar de máscara e evitar aglomerações.

No caso da Pedra Bonita, continua valendo o esquema de visitação somente durante a semana. Nos fins de semana e feriados, a trilha é fechada para evitar aglomerações.Com exceção da cachoeira da Cascatinha e das duchas localizadas na Estrada do Redentor – que fica entre a Rua Boa Vista e o Centro de Visitante Paineiras –, todas as demais cachoeiras estão liberadas para banho.

A visitação ao mirante do Corcovado, onde fica o Cristo Redentor, foi liberada no dia 15 de agosto. Os serviços de transporte de passageiros operados pelo Trem do Corcovado e a concessionária Paineiras-Corcovado também voltaram a funcionar.

Em julho, o Parque foi reaberto parcialmente para o público. A medida foi adotada para permitir a prática de atividades físicas como caminhada, corridas e ciclismo.

Orientações para visitaçãoO avanço na flexibilização do uso do espaço do Parque é parcial. Com o objetivo de minimizar os riscos de contágio do coronavírus, estão mantidas as seguintes orientações e proibições:

Os mirantes Dona Marta e Cascatinha seguirão interditados;Em caso de sintomas como febre, tosse, coriza, dor de garganta, dificuldade para respirar, perda de paladar, e diagnóstico confirmado de Covid-19, o visitante não deve entrar nos limites do Parque Nacional da Tijuca;É obrigatório o uso de máscara de proteção facial durante todo o período de visita ao Parque.

O acessório deve cobrir o nariz e a boca;É preciso respeitar o distanciamento mínimo de 2 metros entre as pessoas, de modo a evitar aglomerações;Deve-se respeitar os cordões de isolamento instalados em pontos específicos da unidade para evitar aglomerações;A responsabilidade pelo porte e utilização de álcool em gel é do visitante;Está proibido o acesso a todas as áreas de convivência ao ar livre, sobretudo os espaços de alimentação compartilhada, como áreas de piquenique, de churrasco etc;Está proibida a realização de confraternizações e de eventos em áreas abertas da unidade;

O visitante deverá cuidar do próprio lixo, transportando-o para fora dos limites do Parque;Permanece a limitação de grupos de até 10 pessoas por passeio ou trilha;

O acesso por veículos motorizados em todo o Parque permanece fechado.

A exceção é o acesso ao setor Serra da Carioca pela guarita do Silvestre — Rua Almirante Alexandrino –, que garante a chegada de carro até o Centro de Visitantes Paineiras pela Estrada das Paineiras.

De lá, o visitante pode continuar a viagem de trem ou de van em direção ao Corcovado,

onde está o Cristo Redentor;As demais áreas do Parque continuam com o acesso de veículos motorizados (motos, carros, caminhões, vans) fechados;

O Parque fica aberto das 8h às 17h, todos os dias (incluindo fim de semana e feriados);O número de pessoas que acessam a trilha Parque Lage-Corcovado nos fins de semana e feriados segue limitado. Com exceção dos dias úteis da semana, são permitidas apenas 25 pessoas, por hora, na trilha que dá acesso ao Corcovado e que tem o seu início a partir de dentro do Parque Lage.

Este controle ocorre dentro do horário de funcionamento da trilha, que é das 9h às 14h (a última hora é das 14h às 15h), e somente nos fins de semana.

Fonte: G1.com

© 2020, Redação Maricá. Todos os Direitos Reservados.

error: O conteúdo está protegido !!
× Como podemos te ajudar?