O prefeito Fabiano Horta reuniu todo o secretariado na manhã deste sábado, 25/09, na Fazenda Pública Joaquín Piñero (Espraiado) para debater “governança e as boas práticas para alcançar mais justiça social”.

“Estamos num momento de reformatação de quatro anos em três. Vamos para a quarta etapa de um ciclo e se não refletirmos sobre ele, acaba gerando uma inércia”, iniciou o prefeito.

Segundo ele, é preciso vencer o conforto por realizar um governo que tem amplo apoio reconhecimento popular. “Eu observo a dinâmica executória e não vou ser negligente na formatação do governo para vencermos os desafios que ainda não foram realizados. É preciso entender que governo é um processo de tempo. O objetivo de continuar com esse time se faz, mas na capacidade de refundar funções com o desafio de ser ente público. Muito foi construído, mas ainda há muito do que se construir e remodelar”, garantiu Fabiano, que destacou os desafios macros de mobilidade, infraestrutura e desafio central de água e esgoto como prioridade.

“A gente está exercendo a governativa para catalisar transformações que tem para, além disso, fundar a esperança para além de Maricá, iluminando cenários aparentemente caóticos. É preciso olhar com a sensibilidade de ver o vermelhinho andar com a capacidade acima do desejado, para entender o direito de ir e vir que é dado ao nosso jovem, que pode ir à praia todo dia se quiser. Fazemos parte de uma chama que tem buscado manter-se viva e acesa. Inspirando e despertando olhares de admiração. A gente vai sempre andar para frente para construir essa cidade que é dos nossos sonhos e é das nossas vontades concretas também”, concluiu Horta.

Vice-prefeito, Diego Zeidan falou sobre a volta das atividades. “Ano que vem, temos que retomar tudo que transformou a cidade em referência e iniciar os novos projetos que ainda vão servir de inspiração para o Rio, o Brasil e o mundo. Precisamos trabalhar juntos. As pastas precisam se unir e dialogar para cumprir as metas e de fato podermos melhorar a vida do povo”, frisou.

Secretário de Governo, João Maurício de Freitas lembrou a gestão exitosa da Saúde no enfrentamento à pandemia e falou sobre a missão para os próximos anos. “Temos que nos re-desafiar. Melhorar a gestão que a população já julga muito boa. Vamos precisar construir um processo mais solidário entre nós, com integração. Precisamos arregaçar as mangas e compensar esses dois anos. Ainda temos muito a fazer, muito a entregar nessa cidade”, resumiu.

Secretário de Planejamento, Orçamento e Gestão, Leonardo Alves falou sobre as responsabilidades com as despesas e o programa Maricá Digital – que utiliza o Sistema Municipal de Informações de Maricá para a avaliação de políticas públicas prontas, com base no monitoramento e controle essenciais para determinar a continuidade e a melhoria das políticas implementadas.

“A ideia é que tenhamos todos os projetos em sistema único para que todos tenham acesso à análise dos projetos, tornando claro para o gestor todas as informações para a tomada de decisões em sua pasta. E futuramente, para o cidadão também ficar atento a tudo que acontece na cidade. Queremos a transparência para todos”, enfatizou Leonardo.

Líder de Governo, o vereador Marcus Toselli “Bambam”, também esteve presente, representando a liderança do governo no legislativo municipal. “Vemos que a cidade está feliz, mas a expectativa do que há por vir é muito grande. Sabemos que Fabiano confia em vocês. Cada um é essencial nesse processo, porque são vocês que ajudam a transformar o que o prefeito sonha e a cidade espera”, agradeceu.

Durante o evento, secretários e presidentes das autarquias de Maricá prestaram contas das realizações em suas pastas até o momento e apresentaram as metas para 2022.

Fonte: PMM

© 2020, Redação Maricá. Todos os Direitos Reservados.

error: O conteúdo está protegido !!