A Prefeitura de Maricá, por meio da Secretaria de Economia Solidária, creditará nesta sexta-feira (08/05), quinto dia útil do mês, a 2ª parcela dos benefícios do Cartão Mumbuca. O valor a ser creditado é de 300 mumbucas (o equivalente a R$ 300) e será depositado durante três meses, conforme decreto do prefeito. Antes da pandemia do novo coronavírus, esse valor era de 130 mumbucas (o equivalente a R$ 130).

Ao todo, são mais de 20 mil famílias, que somadas chega a mais de 40 mil pessoas recebendo o benefício. Esse valor em reais equivale a aproximadamente R$ 12 milhões injetados na economia local. A medida contempla o pacote econômico de enfrentamento ao Covid-19.

O secretário de Economia Solidária, José Carlo de Azevedo, classificou o reajuste como fundamental para as famílias mais carentes, principalmente para as crianças. “As famílias estão com as crianças fora da escola. Para muitos alunos, a principal refeição era na escola. Isso acabou reforçando a alimentação dessas famílias necessitadas”, disse o secretário.

O Programa Bolsa Mumbuca promove a inclusão e fortalece a economia, ativando toda a cadeia comercial da cidade. Atualmente há no município mais lojas trabalhando com a Mumbuca do que com os sistemas de crédito e débito das grandes redes bancárias. Isso mostra que a população já entendeu o programa como algo que faz parte da cultura da cidade, tanto de comerciantes quanto de consumidores.

Para ser inserida no programa, a pessoa precisa estar dentro da faixa de três salários mínimos, ser moradora de Maricá há três anos e comprovar renda através do CadÚnico.

© 2020, Redação Maricá. Todos os Direitos Reservados.

error: O conteúdo está protegido !!
× Como podemos te ajudar?