No último fim de semana, dias 08 e 09/02, o Verão Maricá 2020 chegou com o Festival Cultural de Maricá em Itaipuaçu, Guaratiba e São José do Imbassaí.

No domingo, dia 09/02, os shows aconteceram nas orlas de Guaratiba e das Amendoeiras. “Acho muito importante ter esse show aqui em Guaratiba. Um lugar tranquilo, com parquinho para as crianças num ambiente familiar onde a gente pode frequentar”, disse Daiane Seibe (31 anos) ao lado do marido Jessé Almeida (32 anos), que completou: “A segurança é o mais  importante. E também tem esse clima, visual e show bacanas com músicas interessantes. Essa participação da prefeitura é muito legal”. O casal mora em Cordeirinho e curtia o show de Danilo Faddoul.

Aos 29 anos, Rafaela Nunes mora em Guaratiba há dois anos e meio. Segundo ela, o local mudou totalmente após a revitalização. “Isso aqui foi maravilhoso. Antes não tinha nada, as crianças ficavam meio que largadas. Agora, meu filho está aqui desde 14 horas brincando na mesa de pingue-pongue, eu cheguei para o showzinho, então a gente tem o que fazer. E o mais importante é que é um lugar público onde a gente pode estar se divertindo, porque fica barato”, comemorou.

A família de Juliane Fernandes (28 anos) aproveitava para vender churrasquinho. Segundo ela, o trabalho foi iniciado na semana passada após autorização da prefeitura. “Antigamente aqui era escuro, tinha muito mato, a gente achava perigoso deixar as crianças por causa dos carros. Agora ficou bom para todo mundo, tem parquinho, academia de ginástica, futevôlei, show, lugar para bater papo, o pessoal vem treinar de segunda à sexta e a gente que pode investir até num trabalho secundário ganha um dinheiro extra. Então, acabou ajudando a todo mundo”, opinou a jornalista que mora em Guaratiba há apenas um ano.

Na Orla das Amendoeiras (São José do Imbassaí), ao som do Raiz do Sana, os amigos Adriana Silva (43 anos) e Bruno Basílio (36 anos) ambos moradores do bairro aproveitavam para dançar forró. O casal também elogiou o evento.

“Está maravilhoso. É muito bom ter essa diversão aqui na lagoa, porque a gente não tinha nada aqui e depois que fizeram o obra da orla está tendo sempre show. Nesses eventos, eu sempre trago meus familiares de Niterói e Alcântara para virem curtir aqui. É visita na minha casa e na cidade, gente de fora”, contou Adriana. “Eu moro aqui na rua detrás, então nem preciso ir para longe. Só desço a rua e estou aqui, no show, num lugar lindo, com segurança e sem nenhum problema”, falou Bruno, antes de voltar a dançar.

“Eu estou achando isso aqui maravilhoso porque a cultura tem que ser sempre lembrada. As pessoas poderem estar aqui, tendo um momento de diversão e não só trabalhando, é muito importante”, opinou Leandro Dener (25 anos) ao lado do amigo Anselmo Ribeiro (35 anos). “Esse evento além de muito bom, ajuda a pessoa a socializar, tirando quem fica sempre preso dentro de casa e ajuda a atrair pessoas para conhecer esse lugar“, concluiu Anselmo. Ambos são moradores do bairro.

© 2020, Redação Maricá. Todos os Direitos Reservados.

error: O conteúdo está protegido !!
× Como podemos te ajudar?